logotype
ESTUDO DEMONSTRA QUE ESTRADIOL PODE ACELERAR OS EFEITOS DA SEROTONINA NA SINALIZAÇÃO DO RECEPTOR 5HT (A1)
 Um grande problema com a terapia antidepressiva é a demora de 6 a 7 semanas para o início da remissão dos sintomas. Como a dessensibilização da sinalização do receptor de serotonina 5HT (A1) contribui para a resposta antidepressiva, a aceleração desta dessensibilização pode reduzir esta demora de resposta aos antidepressivos. Este estudo realizado em ratos teve como objetivo avaliar esta hipótese. Ratos foram tratados com estradiol e/ou fluoxetina. O tratamento combinado com estradiol e fluoxetina por 2 dias demonstrou uma resposta acelerada, produzindo uma dessensibilização quase completa, o que demonstra que a associação destes dois componentes é mais eficaz do que a fluoxetina administrada isoladamente. Além disso, o estradiol preveniu o aumento de proteínas do receptor 5HT (A1) induzido por fluoxetina, o que pode ter contribuído para a dessensibilização mais rápida. Estes resultados sugerem que o estradiol pode ser um adjuvante de curto prazo no tratamento com inibidores seletivos da recaptação de serotonina, acelerando o início dos efeitos terapêuticos.

FONTE: Li Q, Sullivan NR, McAllister CE, Van de Kar LD, Muma NA. Estradiol accelerates the effects of fluoxetine on serotonin 1A receptor signaling. Psychoneuroendocrinology. 2012 Dec 4. pii: S0306-4530(12)00361-7. doi: 10.1016/j.psyneuen.2012.11.005. | DATA: 18/01/2016